Hino de Jaguariaíva - 20 anos de oficialização

Neste ano, comemora-se os 24 anos de oficialização do Hino de Jaguariaíva como um dos Símbolos do Município, (Lei Municipal nº 1091/1990), de autoria da professora Elzita Jorge Cunha. Cabe ressaltar que, conforme noticiado no jornal "Classi Ofertas JD-Jornal Daqui", em sua edição de nº 262, ano XI, página 05, em matéria alusiva aos assunto, de autoria de Rafael Gustavo Pomim Lopes e Augutinho Argemiro Ludwig, o referido texto afirma que a Lei Municipal nº 1091/1990 foi revogada através da Lei Municipal nº 1636/2005. Diante dessa informação, a Câmara Municipal de Jaguariaíva explica que esta mesma Lei também foi revogada pela Lei Municipal nº 1888/2009, de 27 de abril de 2009, de autoria do Poder Executivo Municipal, cuja súmula diz o seguinte: " dispõe sobre a criação, forma e padrão de apresentação dos Símbolos do Município de Jaguariaíva e revoga a Lei 1636/2005". Em seu artigo 7º, esta Lei diz o seguinte: " O Hino do Município de Jaguariaíva, composto pela profesora e pianista ELZITA JORGE CUNHA, compõe-se de uma canção elaborada sobre um poema lírico, também de sua autoria, executando em solo e canto, em piano e outros instrumentos musicais, devidamente escrito em partitura pela citada autora.                     

I - A letra é composta pos dezesseis versos irregulares divididos em dois grupos de oito versos que formam a prieira e a segunda parte do hino.

II - Cada parte chamada de "quarteto duplo", é composta de duas quadras de  quatro versos, sendo que a primeira é a estrofe e a segunda é o coro.

III - Cada quadra ou quarteto é composta de quatro versos sendo que o primeiro com o terceiro são considerados versos brancos (ausência de rima) e o segundo com o quarto ão chamados versos rimados".

Portanto, como disposto na Lei Municipal nº 1888/2009 e explicado acima,  o Hino de Jaguariaíva continua sendo um dos símbolos do Município de Jaguariaíva.


Retornar para home